*^*

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Cigano


Henri Rousseau, Cigano adormecido, 1897

*

Hoje dormi com torpedos
me incendiando
em explosões atômicas
Hoje dormi com torpedos
de paixões e amores
correspondidos
de poetas e artistas e bandidos
Hoje sonhei com a noite
Era estrelada e enluarada
Hoje cantaram em minh'alma
Hoje sonhei acordada.

Um comentário:

  1. Faz tempo que não entro aqui.
    Lindo poema. Belo jogo de palavras que não sei se compreendo. Mas você, por si mesma, já é uma explosão atômica aqui dentro.
    =*

    ResponderExcluir