*^*

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Primaveril



Caminhando na noite
eu vi
as flores de todo mal
escorrerem putrefas pelo ralo..
se foi o tempo
das dores e dos lamentos
Renasci
e no perfume da dama
aquela da noite
me inflama
a alma que quer viver
crescer..
no sabor doce de cada jasmim
vi um sonho nascer
e sem perceber
arrefecer..
saí
da ferida viva
vi brotar poesia
senti
num mergulho no tempo
de cada espera
morri
e por morrer desse jeito, me fiz
nascer
novamente..
na noite florida
vi brotar
no frio, um sonho
e nas flores
a Primavera perdida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário