*^*

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Aprendiz

Ontem vaguei por instantes..
essa sou eu, itinerante...
sou eu..
você pulava, doía, crescia..
logo eu..
itinerante, vagante eu ia..
ao encontro de Orfeu
lírico, o mago, o tonto..
que tomba desse cavalo
o tombo...
no galope, se meus ouvidos entopem
logo eu, a posar de Zeus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário