*^*

domingo, 13 de junho de 2010

...

Transbordou...
Era tanto ardor, amor, desejo
transbordou...
Meu coração cansou de novo
Tem sofrido como maratonista
em corrida sem fim
Transbordou...
Não havia saída
Não havia escape
Simplesmente
transbordou...
Agora é esperar
o tempo de escoar
E quem sabe
deixar pra lá...

Nenhum comentário:

Postar um comentário