*^*

domingo, 7 de fevereiro de 2010

A difícil Arte de Amar ou 'Monólogo de Narciso'



Todo dia sorvo simplicidade.
Todo dia percebo como sou pequena.
Todo dia percebo como sou grande.
Simples assim.

E o Outro?

Ah! O Outro?
O Outro sou Eu
que determino quem seja
ou que tamanho tenha
O outro não me importa
quando olho no espelho.
O espelho me cega
Me ensurdece.
Paralisa, rouba minha alma
na vaidade e
no desespero de ser Eu.
Mas o outro
Ainda não sei,
porque é na orgia de eus que me encontro
Comigo.

2 comentários:

  1. psicodelico!
    Acho foda essa sua facilidade em achar uma imagem q tenha tudo a ver com seu texto.

    ResponderExcluir
  2. brigadim, essa foto fui eu que fiz.. e esse grafite já não existe mais..

    ResponderExcluir