*^*

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

simplesmente..

teu sabor tão doce
minha boca beija,
minha pele quente de encontrar a sua
meu sabor tão doce
sua boca beija,
sua pele quente, gostosa e nua.
eu simplesmente amo
nós dois, inteiros
Simplesmente amo nossa mistura.
tem vezes que a gente sente porque é sozinho..
tem vezes que não..
tem vezes que a solidão chega de mansinho..
tem horas que não
tem horas que sinto o vazio na palavra que não quer ser dita.

domingo, 8 de novembro de 2009

E tudo era mar...

Aceitei te dar aquele beijo
Achei que você fosse suportar
Viver o desejo ainda ao meio
Me ver sorrir mas me ver chorar

Meu coração se encheu de receio
Parecia que podia estourar
De todo modo acertou em cheio
Antes de você vir tudo aqui era mar

Teu sorriso sério me partiu ao meio
Tua risada charmosa me tirou o ar
Você não tem idéia do quanto me incomoda
Você não tem idéia de como é te amar

E te daria mil beijos e te traria alegrias
Te daria a mão, nos faria voar
Nesse mundo gigante a gente se perderia
Nesse mundo gigante onde tudo era mar

E daqui dessa distância
tudo é turvo e pueril
penso se criei isso tudo
penso se você nunca existiu

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

!!

sextas, feiras.. insanas.. em cenas..
todas as formas de reter o que quer viver, o que quer correr livre..
paixões, pathos... sombras, o que for..
dentro de mim não se cala essa voz que berra, sem cessar..
no peito se aperta.. agora.. retido..
espero que não exploda..