*^*

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Como num sonho...

*

Como num sonho
Repleto de música e poesia
Faunos e ninfas
Um Sol brilhante por entre as árvores
Um desejo incontrolável de voltar
A sentir na pele todas as coisas boas
Por direito minhas
Danço cada vez mais
Giro num pouso de altas nuvens
Colho dos céus
Ar puro
Sinto próxima a chegada dos anjos
Vou ao futuro
Transo no escuro
Danço o presente
Corpo e mente
A alma se lança num chão de estrelas
Ao poço das memórias
Das crianças perdidas
Que dançam a fé
E correm sem medo
Para elas não existe passado
Não se lembram porque esqueceram o futuro
Só vivem o presente
Mas não dormem no escuro.

***

(2003, in Mensagens Inconscientes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário