*^*

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Soul Dream

Minha mais doce melodia acaba de se jogar abismo acima..
sim, acima...
Num lindo vôo até o infinito.
Minh'alma pediu com jeito, deixei, ela foi junto..
Estão por aí voando alto..
Não resisti, fui atrás...
Esqueci que era gente e pulei também.. ops!
caí caí caí e fui caindo
com toda a sensação do ar invadindo meus poros
cada vez mais forte e rápido..
e o ar ia sumindo de meus pulmões
parecia que ia desmaiar...

*'*

Uma rosa se abriu
senti o cheiro doce da minha vida
Entendi que esse mundo é colorido
e que cinza também é cor
também pode ser belo e até feliz
Descansa os olhos da luz cegante do dia
ao cair da noite, já tardia.
"Vamos dormir um pouco", ela convida a sonhar
mergulhar no mundo profundo
onde canto, danço, floreio
Sou alma, acertada em cheio...
Sou desejo, mas mais que receio
Sou luz na estrada calada e deserta das noites frias..
Sou toda água agora e nada vejo..
minhas emoções se perdem aí, onde cresce o medo...
No fundo do abismo sem fim.. Susto!
(acordo na beira do rio)
Loucura acreditar no impossível.
Então fecho os olhos
e agradeço por existirem os sonhos. (05 de julho de 2011)

terça-feira, 19 de julho de 2011

Alma em flor



Súbito corte..
morte..
na secura do tempo que se foi..
e carrega o vazio não mais preenchido
súbito
o corte
a morte..
do velho e imprestável modo de ser
e viver
é a melhor face
da morte
que me corta
em partes
me ensinando o valor da vida:
que crescer é sempre e contínuo
mesmo no instante de envelhecer..
Minha vida sopra feliz a cantiga
de ser tudo que um dia sonhou ser..
Nesse fluxo danço a dança do universo
E minha alma enfim
renasce.
E minha alma enfim
floresce.
E por toda parte
a vida brota e cresce.
Obrigada...

terça-feira, 5 de julho de 2011

No tempo...



Posso sentir o cheiro de minha terra...
No verde imenso das montanhas,
desses campos grandes,
nesse mar sem fim...

Nasci na roça.. no simples da vida.
Comi fruta do pé
fiz casa na árvore
tive grama e "pique tá"
bolinha de gude com a galera
tomei porrada dos meninos
Aprendi a ser forte
quando chorar não ajudava
Tive medo do escuro
tomei banho de rio..
E de pouco em pouco
Cresci.

domingo, 26 de junho de 2011

A criativa idade



Quando foi, quando é?
Quando vai ser?!
Ahhhh!
Aqui estou...
Pronta pra te compor..
Te fazer obra, te fazer arte..
Já ouvistes falar em Alma?
Dela toda essa Arte faz parte..
Sem ela, eis o desastre..
Minh'alma tem hoje cabelos curtos..
quer ser leve, deixar respirar a nuca..
brotar idéias, sons, cores
nomes, o novo!
De mim...
Aquele eu que se escondia na nuca.. cheio de medo.
Chega de medo!
Aqui estou, não me escondo mais!

(02/01/10... up to now.. and now.. and ever.)

quinta-feira, 19 de maio de 2011

É tanto...



É tanto gostar...
Me vejo em você
Você comigo...
Nós dois, nosso umbigo
Gozo uno nos teus braços...
Te amo

*'*

É tanta alegria...
Às vezes dá um bug
Soam as campainhas
O alarme anuncia
Na agonia
A festa, a fantasia.
Acordei.
Dormi.
Acordei.
Dormi.
Acordei...

*'*

Você, eu...
Que faço?
Só dá você
no meu pensamento.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Minha Vida



No divino que há em mim
no sagrado e no profano
sou absolutamente
humano
Se Deus me escolheu
pra ti
Se você me escolheu
Por Deus!
Seja sempre o sagrado
em mim
na carne a vida se cria
a luz que te ilumina
é minha alegria
Criança
me faz doces as lembranças
E sonhar é festa
a dois
A três, então
vem depois
na realidade do amor maior
que é você em minha vida
do espírito emana a luz que me guia
Você, onde estiver agora
seja luz, seja sempre vida
E minha festa
será sempre
e eu, tua companhia..
Seja benvinda
minha vida.